quarta-feira, 3 de outubro de 2012

PERFIL DA EMPRESA







A Empresa iniciou suas atividades em setembro de 1984, tendo como principais objetivos:

·         A engenharia comercial e financeira no desenvolvimento de produtos complexos, nas áreas imobiliárias, mobiliária e de valores, onde especialmente se coordenam fatores que possibilitem a captação de recursos nos mercados de capitais e financeiros, principalmente através da participação de investidores institucionais e corporativos.

·         A consultoria técnica e legislativa na elaboração de soluções que envolvem o desenvolvimento de modelos previdenciários, tanto públicos como privados, notadamente na arquitetura e engenharia de planos de prestações de benefícios e serviços, bem como de seus fundos garantidores, notadamente nos aspectos econômicos, contábeis e atuarias.



Notadamente:

- Concepção, planejamento, implantação e acompanhamento na reorganização societária e patrimonial de empresas envolvendo o lançamento e a colocação de ações, debêntures e outros movimentos patrimoniais, buscando um melhor posicionamento de capital para suas estruturas de produção.

- Assessoria a instituições financeiras e empresas em geral no desenvolvimento e lançamento de produtos para atendimento de investidores institucionais e corporativos.


- Assessoria a instituições financeiras e empresas em geral para incorporações fusões e aquisições.

- Analise e avaliação de portfólios para fundos de previdência.

- Organização e lançamento de empreendimentos imobiliários em especial Fundos Imobiliários, Shoping-Centers, Conjuntos Empresariais, Armazéns, Hotéis etc.

- Organização de estruturas de financiamentos para projetos e obras inclusive de infra-estrutura.

- Assessoria organizacional de programas de previdência complementar e privada;

- Organização de planos e programas de investimentos para carteiras de investidores institucionais;


Além desta linha de ação, desenvolveram-se atividades nas seguintes áreas:

- Representação comercial - Representante da Usiminas Mecânica no âmbito do Merco-Sul.

- Assessoria econômica e financeira na securitização de operações de crédito.

- Análise conjuntural, política e econômica.

- Análise e estruturação de projetos legislativos e acompanhamento de suas tramitações, junto aos poderes executivo e legislativo federal.



- Mais recentemente, a Empresa especializou-se no tratamento destas questões, especialmente no ponto de vista da organização de oportunidades comerciais entre empresas brasileiras e estrangeiras, procurando a identificar parcerias eficientes de negócios.


Empreendimentos agro-pecuários



-          Está em fase de incorporação pela empresa as atividades agropecuárias.

Principais Clientes:


VOLKSWAGEN S/A

FUNDAÇÃO VOLKSWAGEN DE SEGURIDADE SOCIAL

GAZETA MERCANTIL S/A

UNIBANCO S/A

SULAMÉRICA DE SEGUROS S/A

CONSTRUTORA GUSTAVO ALBRAICHT S/A

CETENCO ENGENHARIA S/A

THECA CORRETORA DE TÏTULOS E VALORES MOBILIÁRIOS

GRUPO NORBERTO ODEBRECHT
CBPO/ ODEBRECTH - ARGENTINA
            CBPO S/A
            CONSTRUTORA NORBERTO ODEBRECHT S/A

USIMINAS - USINAS SIDERÚRGICAS DE MINAS GERAIS S/A.

USIMINAS MECÂNICA S/A

CAIXA DOS EMPREGADOS DA USIMINAS

DURATEX S/A

FUNDAÇÃO DURATEX DE SEGURIDADE SOCIAL.

SIFCO DO BRASIL S/A

GRUPO SILEX

SILEX TRADING S/A.

ELETROSILEX S/A

SILEX CONSULTORIA

JHS CONSTRUÇÕES S/A

JHS HOTÉIS E TURISMO S/A

BENITO ROGGIO Y HIJOS S/A (ARGENTINA)

STUDIOS KOKOURECK S/A (ARGENTINA)

CONSTRUTORA MENDES JUNIOR S/A

CAIXA DE PREVIDÊNCIA DOS FUNCIONÁRIOS DO BANCO DO BRASIL.

FUNDAÇÃO DOS ECONOMIÁRIOS FEDERÁIS -FUNCEF

JOÃO FORTES ENGENHARIA S/A.

GRUPO VARIG
            HOTÉIS TROPICAL S/A

PROMON ENGENARIA S/A

GOLDEN CROSS S/A

BANCO FATOR S/A

BANCO LAVRA S/A.

SEBRAE –SERVIÇO BRASILEIRO DE APOIO ÀS MICRO E PEQUENAS EMPRESAS

ELETROSUL - EMPRESA ENERGÉTICA DO MATO GROSSO DO SUL S/A

CORRETORA DÓRIA E ATHERINO - CTVC S/A

GRUPO OMETTO
            USINAS COSTA PINTO AÇUCAR E ÁLCOOL S/A

IOS – INFORMÁTICA

GRUPO BARRAMARES (Piauí)\

INDUSTRIAS VEGA S/ª

BUNGE ALIMENTOS S/A

CERÂMICA BELAGRESS S/A

ABRASPEA – Associação Brasileira de Produtores e Envasadores de Álcool


Empresas Associadas e Colaboradores:


Escritório José Eduardo Akckmin (Advocacia)

INURSA S/A & TECNOA (planejamento Urbanístico e Arquitetura – Planejamento e Construção de Campos de GOLF).


A Crise II


Como já havia mencionado em artigo anterior, os números e extensões da crise são alarmantes e já eram descritos, nos seus fundamentos, desde a crise da Ásia/Rússia de 1997/1998, apenas, vindo a emergir de forma mais dramática no ano de 2008, a situação atual é mera consequência, graças as repercussões políticas que originou, na medida que as soluções inerciais não eram mais possíveis, virtude de suas complexas estruturas e as dimensões incomensuráveis que adquiriram.


Como na piada do "cheque é dinheiro" alguém teve a "péssima" idéia de ir ao Banco cobrar.
Não tinha fundos.

O processo é claro, é produto de uma desmesurada emissão de ativos financeiros, alavancados em lastros de risco completamente incompatíveis com os fundamentos das atividades econômicas originarias. O produto foi uma brutal inflação nos preços destes ativos e de seus objetos de riscos (imóveis supervalorizados, ações representando o patrimônio de empresas que mesmo em com suas melhores performances, seus lucros não retornariam o capital nem em 50 anos, as commodities, arquétipo Petróleo a US$150,00, etc., cada um pode imaginar um exemplo).

O sistema sé sobrevivia se auto-alimentando.

Para os políticos, nada melhor, a felicidade poderia ser obtida por "decreto" – (Construam-se casas, elas eram construídas, venda-as a qualquer um, elas eram vendidas. Aposentem com salários integrais, abrindo novas vagas, eram aposentados. Atendam todos os doentes com sistemas caríssimos, eles eram atendidos. Construam-se trens bala, eles eram construídos. Contratem novos funcionários públicos, eles eram contratados. Façam a guerra ela era feita. Mais tecnologia, produzam a vontade, bônus, empregos fartos etc.).

Era o nirvana e o melhor de tudo, dinheiro à vontade para campanhas eleitorais, corrupção, enriquecimento, ditaduras e até bondades.

Tudo e a todos era permitido. Todos se locupletaram, cada um a seu modo.

O Brasil, menos mal, apesar de todos os defeitos, aproveitou a bonança e recuperou sua moeda.
.


Ary Alcantara